Meet The Style: Naetê Andreo

“Pink it´s not even a question”Blogueira,  youtuber e super estilosa, Naetê Andreo tem 21 anos e cursa rádio e tv. Dona do blog Love Triangle, ela mesma grava e edita seus próprios videos para o seu canal do youtube. Conheçam Naetê.

Da onde surgiu a idéia de fazer vídeos e fazer o seu blog?
O canal surgiu como um adendo do blog, uma outra plataforma para fazer coisas novas relacionadas com o que eu já fazia no meu canal. Antes disso, eu já tinha tido muitos blogs sobre diversos assuntos e sempre gostei desse universo, mas o Love Triangle acabou se consolidando e virou um meio onde pude expressar minha criatividade.

Você costuma a fazer bastante (DIY, do it yourself/faça você mesmo) no seus vídeos. Você gosta de compartilhar suas experiências com seus seguidores? Por que?
Sim! Eu também sou leitora de diversos blogs e sei o quanto é valioso compartilhar experiências com os leitores, como sou uma pessoa apaixonada por trabalhos manuais e acabo descobrindo muitas coisas legais com meus erros e tentativas, de nada valeriam essas descobertas se eu não compartilhasse né?
Você se considera uma referência de moda e estilo (digital influencer)?
Acho que posso me considerar uma digital influencer em pequena escala, as redes sociais criaram a possibilidade para que pessoas muito diferentes uma das outras influenciem um determinado público. Não me considero uma pessoa famosa ou influente (me sinto muito longe disso!) mas acho que inspiro algumas pessoas com meu estilo sim.
Como você vê a relação profissional na área internet/blogueira?
Essa relação tem crescido muito, e a noção de que produzir conteúdo também é uma profissão está se estabelecendo. Muitas pessoas ainda não conhecem nem entendem direito esse meio por ser novidade e ter desenvolvido muito rápido nos últimos anos, mas aos poucos as pessoas começam a entender que as redes sociais, os blogs e os canais no youtube são uma peça chave no mundo atual.
Quais são suas maiores inspirações na hora de se vestir?
As redes sociais e o Pinterest! Outras meninas como eu, que compartilham seu estilo nas redes sociais, são minhas principais influencias. Não precisamos mais nos inspirar em ícones “inatingíveis” da música ou do cinema. As redes sociais permitem que meninas normais como eu, virem referência de estilo para outras meninas, o que torna tudo muito mais acessível.
Quais são suas marcas favoritas?
Não tenho marcas favoritas por que gosto muito de consumir em brechós e garimpar roupas em lojas diversas, mas uma loja que quando entro sempre quero levar tudo é a Cotton On, uma fast fashion australiana que só tem 2 lojas aqui em São Paulo.


Você acha que esse “boom” das redes sociais (instagram, facebook, snapchat, blogs) é algo
positivo para a moda?
Não só positivo como algo que tem revolucionado a moda! Como disse, surgiram novos ícones de estilo muito mais acessíveis, a informação de moda não vem apenas da TV ou de revistas especializadas, o mundo da moda está sendo re moldado pela influência direta das redes sociais, o que eu acho muito positivo e democratizador.

 _MG_7537 1

Naetê Veste:
Look 1: suéter acervo pessoal, calça forever 21, e sapato forever 21.
Look 2: acervo pessoal
Look 3: Macacão Cotton On, Cardigan acervo pessoal, e bota Forever 21
Fotografia: Lívia Fernanda
Follow Us

Share This:

Comments

comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.